3 de janeiro de 2011

Quem é vivo sempre aparece!

Ah, eu sei que sumi, mas como já havia dito, fim de ano é uma correria só. Espero que estejam todas bem!  Muito obrigada pelos comentários, é sempre bom saber a opinião de vocês.
Meu Natal e  Ano Novo foram  bons, as festas que  fizemos  ficaram lidas, todo  saíram muito satisfeitos. Porem, fim de ano é sempre a mesma coisa, bate aquela “deprê”, aquela sensação de “adeus”, a ansiedade aumenta e as compulsões se tornam incontroláveis.
Ate o Natal eu estava muito bem, inclusive pode-se dizer que estava feliz, mas foi chegando dia 29, 30... e  eu fui caindo,  uma  sensação estranha  tomou conta  dos  meus  dias... Mais um ano passou e eu me sinto como se estivesse paralisada, vendo e ouvindo as coisas ao meu redor, mas sem poder influenciar, sem poder reagir...
Parece que estou condenada a essa vidinha, com mãos e pés atados, vendo o tempo passar e esse nó na garganta só aumentando, me sufocando, como se  a vida  estivesse esfregando na minha cara que eu não fui tão feliz  quando poderia, que eu não vivi  o quanto merecia, é a  vida  cobrando o preço  de tantas  oportunidade  que  se escancararam na minha  frente e  eu não soube aproveitar, passando pela vida como figurante.
Eu não sei o que fazer, eu gostaria de chorar para desfazer esses nós, mas não consigo, talvez falar, conversar  com alguém ajudaria, mas  eu não sei o que  dizer, não tenho palavras .Tenho bebido mais do que deveria para tentar anestesiar essa dor (estou bebendo agora). 
Cada vez mais sinto vontade de fugir, de gritar, de buscar algo maior, de encontrar meu caminho... Queria mudar de nome, de telefone, de endereço, queria sentir o que é viver, sentir vida pulsando no meu peito, sentir energia vital  em cada  célula do meu corpo, sentir  algo que fosse real.
Sempre procurei a essência da vida, sempre em busca  do “Q”  a mais, mas  quanto mais procuro, mais me distancio e quanto mais falo  mais sou envolvida  em silêncio.
Somos como peças nesse jogo bobo que é viver, as vezes ganhamos somente para perder no final.


"Não me contaram que
fui trazido pra essa tormenta
e abandonado tão longe
da terra firme que não posso mais
encontrar meu caminho de volta"

6 comentários:

  1. Menina achei que tivesse acontecido algo contigo mais fim de ano é assim mesmo! esse ano começa pra vc fazer tudo novo! tudo forte! força e bjos

    ResponderExcluir
  2. ai,essa sensação se estacionada é angustiante

    nossa,horrivel ,serio
    eu podia ter melhorado horrores no ballet,se não fosse o problema do me tornozelo mal resolvido até as 10h de hoje.
    2010 foi o ano que eu mais chorei em toda a minha vida,acho que teve alguns poucos dias que eu não chorei ....
    por estar gorda,por estar sem dança direito,por perder papeis solistas por conta de ter engordado com remedios e pausa,não ser lindo porque meu pé estava ferrado... nossa to chorando agora...
    eu realmente espero um ano melhor

    e pra vc tbm,muitas conquistas,tudo que não avançamos neste ano e em todos os anos de nossa vida,a nossa vez é agora
    2011,por favor,que seja realmente cheio de conquistas

    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  3. Feliz 2011 querida. Tudo de bom pra ti.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. brigada amore muito obrigada pela força
    realmente temos que nos juntar nessa...
    bjs
    http://www.garota-anorexica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. nossa,é osso esses remedios,dão muita retenção de liquido,por isso que eu preciso demais de lx
    ai que droga,e eu nem posso andar até a farmacia ¬ ¬
    beijinhos :*

    ResponderExcluir
  6. tipo,eu estava com lf de boa até agora,e serio,eu não ia querer miar,eu odeio
    mas hoje ,depois da minha vó ,nossa,como eu queria miar até o intestino
    que droga,tava indo tão bem ...
    beijinhos :*

    ResponderExcluir